Área do cliente
14
ago

Erros mais comuns na gestão de uma oficina mecânica

Alguns erros na gestão da sua oficina mecânica, geralmente resultam em prejuízo. Então, para não perder dinheiro e ainda por cima lucrar, é necessário fazer o planejamento da gestão. Tomando muito cuidado para não cometer nenhum erro. As oficinas mecânicas não devem focar apenas nos veículos e serviços realizados, mesmo esse sendo o intuito principal da oficina. Mas, devem prestar atenção na organização de maneira geral.

Cuidados com tecnologia, marketing, administração, organização do estoque, relacionamento com cliente, funcionários… Tudo isso influencia no bom funcionamento da empresa. Por isso, fizemos uma lista com 7 erros mais comuns que podem acontecer durante a gestão na oficina mecânica. Então fique atento aos erros e principalmente, tente evita-los!

ERROS MAIS COMUNS NA GESTÃO DA OFICINA MECÂNICA

  1. Evite erros: Não misture o dinheiro pessoal com o da empresa!

Para pequenos empresários, nem sempre é possível ter uma conta bancária separada apenas para o empreendimento. Por isso as pessoas acabam misturando o dinheiro da empresa com o dinheiro de casa. Porém, isso é uma grande armadilha. As chances de gastar o dinheiro da empresa sem ao menos perceber são muito altas, porque o dinheiro não está separado como deveria e o empresarial e pessoal viram um só. Felizmente, a solução para isso é simples! O certo é criar uma conta separada para o dinheiro da empresa e só retirar um valor fixo por mês, como um salário.

Se estiver no começo da empresa ainda e não tiver essa opção, o certo é tentar pelo menos fazer os cálculos separados. Esse é um dos motivos que mais contribuem para a falência das oficinas mecânicas do país. Não apenas as oficinas no começo da carreira, mas também as de médio e grande porte correm esse risco se não tomam esse cuidado Então, mantenha o controle do dinheiro tanto da empresa quanto pessoal, porém separadamente. Defina um salário fixo ou variável do seu lucro e utilize para você. Saiba administrar bem o seu dinheiro e garanta o sucesso da sua oficina mecânica.

  1. Não capacitar bem os funcionários

Outro erro que costuma acontecer na gestão da oficina mecânica é acreditar que a equipe já sabe de tudo que precisa. Primeiramente, muitos profissionais só aprendem a exercer uma função quando adquirem experiência. Além disso, o mercado automotivo é inovado com frequência e novas tecnologias surgem fazendo com que seja preciso novas capacitações. Sempre invista em treinamentos para a sua equipe! Podem ser treinamentos internos para o bom relacionamento com o cliente, cursos avançados em alguma área específica ou até mesmo treinos com ferramentas. Qualquer aprendizado ajuda na equipe, nunca deixe de procurar por capacitação!

  1. Não pesquisar por bons fornecedores

Toda oficina mecânica depende dos fornecedores para conseguir suas ferramentas, equipamentos e peças que serão usadas nos veículos dos clientes. Portanto, é muito importante ter atenção aos fornecedores escolhidos. Costumamos pensar que o cliente busca por valor, querendo o mais barato. Porém, é preciso tomar cuidado, pois em alguns casos o barato sai caro. É preciso saber equilibrar o valor com a qualidade do produto. Ao comprar de algum fornecedor, observe os valores dos produtos, prazos de entrega e como funcionam as trocas. Além de entrar em contato com outros clientes para ter ideia do serviço que o fornecedor tem a oferecer. Escolhendo bons fornecedores, você terá a garantia de um serviço realizado com qualidade, junto da satisfação do cliente.

  1. Evite erros: Controle seu estoque!

Acompanhar o fluxo de mercadorias e saber sobre a organização do estoque dentro de uma empresa costuma ser um trabalho demorado e tedioso. Por ser mais trabalhoso e lento de ser feito, muitas vezes os empreendedores deixam essa tarefa de lado. Porém, além de ser um grande problema, essa falta de controle também leva a outros erros na gestão da oficina mecânica. Primeiramente, não saber a quantidade dos item disponíveis no estoque dificulta bastante o seu planejamento. Você não pode trocar uma peça se não há essa peça guardada no estoque, e você precisa ter o controle disso. Além disso, se houver alguma perda, roubo ou problema parecido, a falta de controle do estoque faz com que isso passe despercebido. Investir em ferramentas de controle de estoque ajuda a minimizar o peso dessa tarefa, mas, independente disso, você ainda precisa acompanhar de perto.

  1. Não investir em divulgação

Não adianta de nada ter um ótimo serviço, com excelentes ferramentas e peças, um ambiente agradável, se você não investe na divulgação desse serviço! Você pode ser o melhor mecânico do mundo, mas se não divulgar o seu trabalho as pessoas não o conhecerão. Se você atua em uma área específica, como um bairro pequeno, foque o investimento em divulgação nesse lugar. Use ferramentas digitais, redes sociais, cartões de visita, fachadas, entre outros recursos, para captar a atenção do público. Depois que você chamar a atenção do cliente e conseguir levar ele para dentro da oficina, a negociação será bem mais fácil. Não se esqueça: quanto melhor é o seu marketing, maiores serão seus lucros!

  1. Falta de eficiência ao administrar o capital de giro 

Primeiramente, o capital de giro é o total de dinheiro que sua empresa precisa para se manter funcionando a cada mês. A principal utilidade do capital de giro é entender quanto sua empresa custa e quanto você precisa faturar por mês. Se está muito alto comparado ao lucro, por exemplo, é sinal de que você está gastando mais do que deveria. Como vimos antes, separar o dinheiro pessoal do dinheiro da empresa é muito importante, mas não é tudo. É preciso se esforçar um pouco mais, para poder manter o negócio aberto. A empresa precisa ter dinheiro para conseguir se manter sozinha em períodos de baixa e arcar com as contas e pagamentos, mesmo se ficar sem nenhum lucro. Então, pensando na capital de giro… Quanto tempo sua empresa sobreviveria sem lucro para cobrir todos os custos e despesas? Se ainda não havia pensado nisso, é bom pensar!

  1. Errar na precificação

Finalmente, mas não menos importante… Você pode ter alguma dificuldade para encontrar o preço certo para seus serviços e assim, errar na precificação. Precificação é o ato de pensar e agir de uma maneira estratégica, criando uma tática para calcular os preços de venda. Esta é a alma do negócio! Só assim podemos descobrir o que o cliente espera de um produto e consequentemente quanto ele está disposto a pagar por ele. Porém, muitos empreendimentos acabam cobrando muito barato pelos serviços e mal conseguem manter sua estabilidade financeira, enquanto por outro lado, com preços muito caros o público pode se afastar. Calcular corretamente o preço do serviço envolve uma série de fatores, e garante a assertividade na sua oficina.

Preste atenção e evite erros na sua oficina mecânica!

Administre sua oficina mecânica com excelência! Tenha atenção a todos os detalhes que garantem o bom funcionamento do seu negócio. Um erro pode influenciar em anos de trabalho e levar por água a baixo todo seu serviço.Após essa leitura sobre dicas e erros que você deve evitar, garanta o diferencial da sua mecânica e tenha muito sucesso! Conheça o Mekanic, nosso sistema especializado para oficinas, que facilitam e melhoram o serviço e garantem uma gestão melhor! Fale com a gente!

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá.
Lembre-se que o comentário é de inteira resposabilidade do autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CONTATO

  • Cascavel - Paraná
    Rua Minas Gerais, 1097 - Centro
  • (45) 3301-5050
  • comercial@tecinco.com.br

TRABALHE CONOSCO

  • ASSOCIADOS

  • CONHEÇA OUTROS PRODUTOS

  • PROJETOS SOCIAIS

REDES SOCIAIS

Agência de Publicidade e Criação de Sites Ícone Cascavel