Área do cliente
11
mar

A importância da informação na tomada de decisão nas concessionárias

Para fazer escolhas em sua empresa é preciso ter informação na tomada de decisão, pois, por mais natural que seja o processo de escolher variadas coisas durante o dia, há situações que exigem mais tempo de análise, principalmente em concessionárias.

Por exemplo, você trabalha com duas marcas diferentes de carros há 10 anos. Mas, nos últimos três anos a marca A passou a vender muito mais do que a marca B. Agora você precisa decidir se mantém a marca B.

Antes de continuarmos, saiba: assim como é importante fazer uma boa gestão de sua empresa para alcançar os seus objetivos e o sucesso é preciso administrar bem as informações que você tem em mãos, que envolvem os seus clientes e todo o processo administrativo da sua concessionária, antes de tomar uma decisão.

Se você sempre tem problemas para tomar decisões, este conteúdo é para você! Continue a leitura.

Por que devo tomar decisões?

As decisões são essenciais para solucionar problemas pelos quais a empresa está passando e evitar que o mesmo aconteça no futuro. Antes de tudo, você deve ter em mente: decisões envolvem processos, tempo e pessoas.

Às vezes, a solução para o problema acaba sendo a demissão de um ou mais funcionários, pois deixaram de entregar o esperado pela empresa, como deixaram de atingir as metas.

Antes de mais nada, todas as suas decisões devem ser tomadas com base em informações, pois quando você toma uma decisão estando consciente, a margem de erro diminui bastante. Se lembra do exemplo apresentado por nós no início deste artigo? Você só poderia chegar a afirmação de que a marca B vende menos por meio de dados, pois o achismo não cabe aqui.

O ideal é trabalhar com um sistema de gestão, em que todos os dados, informações, contatos relacionados ao seu negócio estarão salvos em apenas um local, tornando o trabalho de pesquisa mais fácil e ágil.

Além disso, um sistema de gestão ajuda você a acompanhar as suas decisões já tomadas e se elas estão funcionando conforme o planejado e, eventualmente, quando for necessário tomar outra decisão, você terá ainda mais informações.

O que fazer primeiro?

1 – Definir o problema: antes de partir para as decisões, é necessário entender qual a real causa do problema, logo, você chegará a solução. Não se esqueça: para reconhecer o que está dando errado, é preciso ter o máximo de informações possíveis.

2 – Faça um diagnóstico: agora é o momento de analisar a situação, qual o desafio proposto para solucioná-la, qual a real causa do problema, ou seja, onde ele começou e em quanto tempo pode ser resolvido.

3 – Liste alternativas que podem ser soluções: muitas vezes, a solução não é única, e cabe a você decidir qual a melhor alternativa para o momento. Por isso, você deve listar todas as possíveis resoluções, para tomar a melhor decisão de forma consciente e com todas as informações necessárias!

4 – Tome uma decisão: você já listou as alternativas de soluções e sabe o que ela causará em sua empresa, então agora chegou o momento de pôr uma delas em prática. Entretanto, existe mais de um modelo de tomada de decisão. Confira no próximo tópico.

A importância da informação na tomada de decisão nas concessionárias

Modelos de tomada de decisão

1 – Intuitiva: esta decisão é tomada com base em sinais que você recebe da empresa. Muitas vezes acaba favorecendo determinado ponto em detrimento de outro, já que não considera aspectos lógicos e racionais, por isso, não é muito indicada. Entretanto, as coisas acontecem muito rápido dentro de uma empresa e, como consequência, o gestor acaba optando por uma decisão intuitiva e que vá resolver o problema naquele momento;

2 – Racional: ao contrário da decisão intuitiva, a decisão racional é tomada considerando aspectos lógicos, para que o gestor tenha subsídios sólidos e que sustentem a escolha. Para isso, você deve listar todas as opções possíveis e analisar cada uma delas, para tomar uma decisão consciente e segura para a sua empresa.

3 – Baseada em valores: toda pessoa carrega consigo valores pessoais adquiridos durante a vida e, algumas vezes, estes valores influenciam na tomada de decisão. Por esse caráter, este modelo de decisão é confundido com a decisão intuitiva.

4 – Colaborativa: como o nome já diz, é uma decisão tomada em conjunto. Em alguns momentos ela pode ser vista como ideal, já que o gestor conta com pontos de vista de várias pessoas, diferentes do que ele havia pensado.

5 – Especializada: se o gestor já tentou todos os modelos de tomada de decisão citados, mas não conseguiu resolver o problema, é porque algo está sendo feito de maneira incorreta. Portando, é a hora de chamar ajuda especializada. Um profissional ajudará você a tomar decisões conscientes, assertivas e seguras, que beneficiem todos no ambiente de trabalho.

Avalie a decisão

Agora você já passou por todos os processos de uma tomada de decisão, então chegou a hora de avaliar a decisão. Porém, esta etapa, assim como as demais, não é feita com apenas 30 minutos! Você deve acompanhar a sua decisão por um período de tempo que melhor se adequar em sua empresa. Se ela não for a decisão correta, você pode buscar outra estratégia. Ou seja, você continua utilizando informações importantes.

Não pense que você tomará apenas decisões certas, pois assumir uma tomada de decisão, é assumir que as vezes você pode escolher caminhos errados. Mas o que realmente importa é conseguir reparar o erro.

Entretanto, a informação na tomada de decisão serve para te ajudar a diminuir ou quase sanar os riscos de erros.

Invista em tecnologia e mude a forma como administra suas informações

Organizar e estruturar informações toda vez que precisar fazer um processo de tomada de decisão acaba se tornando uma tarefa difícil, maçante e cansativa, principalmente porque as escolhas ocorrem o tempo todo dentro de uma empresa.

Uma dica para reunir todas as informações de sua empresa é utilizar tudo o que a tecnologia tem para oferecer, ou seja, um sistema de gestão.

Com o uso de uma ferramenta de gestão é possível fazer relatórios, cálculos, reunir todas as informações importantes, valor dos produtos e toda a equipe fica inteirada sobre o que está acontecendo na empresa.

No vídeo a seguir é possível saber mais sobre a informação na tomada de decisão.

Agora é hora de trabalhar!

Agora você reuniu todas as informações necessárias para resolver o seu problema e sabe qual a solução mais assertiva. Então é hora de pôr as dicas em prática e começar a trabalhar!

Não se esqueça: sem a tomada de decisões a sua empresa não sai do lugar. Mas isso só é possível quando você toma decisões estando informado e consciente das consequências que elas trarão.

Então vamos lá? Mãos à obra!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá.
Lembre-se que o comentário é de inteira resposabilidade do autor.

Uma resposta para “A importância da informação na tomada de decisão nas concessionárias”

  1. […] você pode falar sobre os mais variados assuntos que envolvem o seu negócio. Como, por exemplo, a importância da tomada de decisão ou como fazer uma boa gestão de relacionamento com o seu […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CONTATO

  • Cascavel - Paraná
    Rua Minas Gerais, 1097 - Centro
  • (45) 3301-5050
  • comercial@tecinco.com.br

TRABALHE CONOSCO

  • ASSOCIADOS

  • CONHEÇA OUTROS PRODUTOS

  • PROJETOS SOCIAIS

REDES SOCIAIS

Agência de Publicidade e Criação de Sites Ícone Cascavel